Mestrado

O Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local da Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória – Emescam é um Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu de natureza acadêmica, com característica interdisciplinar. Foi autorizado a funcionar pelo Conselho Técnico Científico – CTC/CAPES (ofício nº 084-4/2008/CTC/CAA II/CGAA/DAV), em reunião dos dias de 21 a 25 de julho de 2008 e criado pela Portaria do MEC nº 590, de 18 de junho de 2009, publicada no Diário Oficial da União (DOU), em 19 de junho de 2009. Em 2012 foi renovado o reconhecimento através da Portaria nº 1077, de 31 de agosto de 2012, e publicado no DOU em 13 de setembro de 2012. Em 2017 o Programa completou oito anos de existência, portanto trata-se de um Programa jovem, ainda em processo de consolidação. 

A Emescam, instituição de ensino superior que o abriga, é uma instituição de vocação originariamente voltada para a área de medicina. Porém, com o passar dos anos, abriu-se para a incorporação de outros campos de saber presentes na área de saúde, dentre eles o de Serviço Social, visto que a profissão de Serviço Social tem nessa área importante e histórica atuação. Essa articulação de vários campos do saber favorece a efetivação da interdisciplinaridade, por meio da interface entre diferentes conhecimentos, contribuindo para análises mais amplas da realidade social, que contemplem essa diversidade.

 

Área de Concentração:

Políticas de Saúde, Processos Sociais e Desenvolvimento Local
A área de concentração é intitulada “Políticas de Saúde, Processos Sociais e Desenvolvimento Local” por entender que tais categorias são capazes de abarcar as inúmeras possibilidades de estudo das Políticas Públicas e do Desenvolvimento Local propostas pelo Mestrado da EMESCAM. A área de concentração fundamenta-se na concepção ampla de Política de Saúde que, além de incluir uma perspectiva de totalidade, também deverá compreender a articulação das relações sociais e do Estado com as Políticas Públicas e com o Desenvolvimento Local. Esses estudos são mediados pelos Processos Sociais, tomados a partir da estrutura da Economia, da Justiça e da Política, considerando ainda as contradições da realidade nacional, que exclui amplas camadas da população aos direitos sociais.

 

Linhas de Pesquisa:

1. Políticas de Saúde, Integralidade e Processos Sociais
Esta linha de pesquisa aglutina os estudos sobre as Políticas de saúde que direcionam o Sistema de Saúde vigente e a atenção à saúde suplementar. Analisa os aspectos da saúde ampliada que se desdobraram dos debates iniciados na década de 1970, a partir do Movimento de Reforma Sanitária. Tal compreensão do processo saúde doença afirma sua determinação social e por isso aborda as condições de vida e de trabalho do ser social, de onde se originam os múltiplos aspectos envolvidos nesse processo.

2. Processos de Trabalho, Políticas Públicas e Desenvolvimento Local
Esta linha de pesquisa reúne os estudos sobre o trabalho e os processos de trabalho na sociedade capitalista, considerando-os a partir das profundas transformações em sua materialidade, que afetam as formas de organização social. Propõe ainda o estudo dos determinantes sociais que permeiam as relações Estado-sociedade e as concepções de desenvolvimento, contemplando as políticas públicas e os diversos processos e movimentos sociais urbanos e rurais.

3. Serviço Social, Processos Sociais e Sujeitos de Direito
Esta linha de pesquisa reúne os estudos sobre Serviço Social e processos sociais, tais como: participação, emancipação, pobreza, violência, entre outros, a partir de sua mediação crítica com os processos econômicos, culturais e ambientais, identificando nas múltiplas expressões da questão social os aspectos fundantes da realidade concreta. Estuda também as relações Estado-sociedade no que concerne às políticas públicas, enquanto respostas do Estado às demandas sociais e a ação dos atores sociais nas lutas e movimentos por direitos de cidadania (civis, políticos, sociais, humanos, geracionais, de raças e etnias, de gênero e de livre orientação sexual); assim como sobre os processos de luta para a defesa e ampliação dos direitos e da democracia.

 

Público Alvo: Graduados em profissões das diversas áreas das Ciências Humanas e Sociais e das diversas profissões de nível superior da saúde.

 

Coordenação: Profª Dra. Gissele Carraro

 

Corpo Docente

Profª Drª Angela Maria Caulyt Santos da Silva

Profº Drº Cesar Albenes De Mendonça Cruz

Profª Drª Gissele Carraro

Profº Drº Hebert Wilson Santos Cabral

Profª Drª Italla Maria Pinheiro Bezerra

Profª Drª Janice Gusmão Ferreira de Andrade

Profª Drª Janine Pereira da Silva

Profº Drº José Aires Ventura

Profª Drª Luciana Carrupt Machado Sogame

Profº Drº Luiz Carlos de Abreu

Profª Drª Maressa Cristiane Malini de Lima

Profª Drª Maria Carlota De Rezende Coelho

Profª Drª Maristela Dalbelo Araujo

Profª Drª Silvia Moreira Trugilho

Profº Drº Valmin Ramos Da Silva

Mais informações:

Telefone:  (27) 3334-3543

E-mail: mestrado@emescam.br

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar